Professores não acreditam em credibilidade total da internet



No mundo contemporâneo quem é capaz de competir com a universalidade e disponibilidade de conhecimento proporcionado com uma simples busca em algum site na internet? A resposta provavelmente será: ninguém ou nada. Pois é, muito do conhecimento hoje é encontrada apenas após alguns segundo de navegação.

Qual o sentido disso, quando a internet trouxe para as pessoas um maior acesso a tudo o que o mundo tem. Podemos andar virtualmente por cidade que jamais um dia imaginaríamos conversar com alguém na outra ponta do mundo, fazer compras de ingressos, materiais para a casa sem sair de dentro dela. Se algum pensador imaginasse isso em outros idos, provavelmente o mesmo seria taxado de louco.

Porém se existe algum tipo de resistência quando ao uso da grande rede para pesquisas, logicamente quando ela está presente na realidade das pessoas, esta está localizada dentro do âmbito escolar. Normalmente sabemos de histórias de professores que não gostam da tecnologia proporcionada pela internet, portanto que muitos encaram o uso de pen drive e outros acessórios como uma afronta ao conhecimento catedrático de suas próprias formações. Um argumento que pode ser estranho ao conhecimento de quem está longe do campo da educação, mas que se torna aceitável, afinal, deve ser complicado perceber essa transitividade de um século para outro, quando o mundo todo mudou, por mais que a escola tenha sofrido menos mudanças, quando comparamos com outros meios, ela ainda conserva certos pensamentos.

Uma pesquisa realizada pelo Centro de Estudos sobre Tecnologias da Informação e da Comunicação (Cetic.br), do Núcleo de Informação e Coordenação do Ponto BR (NIC.br), que na última terça feira, dia 9 de agosto, soltou um dado interessante relacionado ao olhar do professor diante dos serviços de internet. Segundo os dados, 64% deles admitem uma defasagem nas informações prestadas pela grande rede.

Para um bom desenvolvimento da educação do século XXI, além do papel do professor, do material didático, o uso da internet se torna essencial, ainda mais para complementar muito do que as aulas abordam.



Add a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


*